DNJ 2018

DNJ 2018, Dia Nacional da Juventude – o que é, data e local, inscrição…

DNJ 2018, Dia Nacional da Juventude – o que é, data e local, inscrição…
5 (100%) 4 votes

A Igreja celebrou o Dia Nacional da Juventude, DNJ, no domingo dia 29 de outubro de 2017. O dia se caracteriza já tradição para os jovens católicos do Brasil e aparece para celebração da vida da juventude alegremente, de modo comprometido e descontraído, a repensar o próprio papel em sociedade.

O dia tem origem em meio a Ano Internacional da Juventude com promoção pela ONU no ano de 1985, e a CNBB é responsável por manter até a data atual. A proposta se resumia encontrar um modo de inserção da juventude cristã em viver o Evangelho a levar em consideração a sua realidade social, e possuindo de base a Mensagem e Pessoa de Jesus Cristo.

DNJ 2018
Dia Nacional da Juventude – DNJ 2018

As edições todas do DNJ têm proposta de reflexão de discussão acerca da vida da juventude. O ano de 2017 teve como tema “Juventude em defesa da vida dos povos e da mãe terra”, com o lema sendo “Os humildes herdarão a Terra”. A temática selecionada se mostra extensão do tema de 2017 da Campanha da Fraternidade que abordou as questões ambientais.

Em encíclica “Laudato Si”, em que o Papa Francisco faz discussão acerca de cuidados que se deve ter em relação à Terra, o Pontífice declara que “jovens têm uma nova sensibilidade ecológica e espírito generoso, e alguns deles lutam admiravelmente pela defesa do meio ambiente”.

O Dia Nacional da Juventude, DNJ 2018, terá comemoração na escala nacional anualmente pelo último domingo do mês de outubro, com exceção no ano eleitoral, em que se adia ou se antecipa uma semana do dia original. Anteriormente, em determinadas Dioceses, o Dia Nacional da Juventude já tem reflexão e preparação por jovens, com possibilidade às pessoas do acompanhamento da programação de muitas cidades.

DNJ – Dia Nacional da Juventude de Mariana, Minas Gerais

O Dia Nacional da Juventude, DNJ, foi promovido na cidade de Mariana, Minas Gerais, no ano de 2017, como exemplo, pela Região Pastoral Mariana Norte da Arquidiocese de Mariana, em Barão de Cocais. O evento tinha proposta de estar em sintonia com Campanha da Fraternidade 2017, desejando reflexão da temática, “Juventudes em defesa da vida dos Povos e da Mãe-terra”.

Segundo o Padre Rodrigo Artur, assessor regional da Pastoral da Juventude, o foco do tema é em fazer com que o jovem assuma e conheça o próprio papel em sociedade. No encontro, as atividades como missa, caminhada, oficinas direcionadas aos grupos todos, pastorais ligadas com a juventude e movimentos.

Missão da CNBB

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, de acordo com o próprio estatuto, possui por função:

  • o aprofundamento cada vez maior da comunhão de Bispos
  • estudo de assuntos do comum interesse da Igreja no Brasil, à promoção melhor de ação orgânica pastoral
  • deliberação nas matérias da sua competência, de acordo com normas de comum direito ou do mandato especial de Sé Apostólica
  • manifestação da solicitude por Igreja Universal, por meio de colaboração e comunhão com Sé Apostólica, e com mais Conferências Episcopais
  • cuidado da relação com poderes públicos, em função de bem comum, a conveniente compreensão ressalvada com Nunciatura Apostólica, em âmbito da própria competência particular

Leia também: Jornada Mundial da Juventude – JMJ 2019 Panamá – o que é, inscrições, pacotes de viagem, local e data… 

Campanha da Fraternidade 2018

Trata-se de campanha com realização a cada ano no Brasil pela Igreja Católica Apostólica Romana, e no período da Quaresma. O foco é que a solidariedade seja despertada nos fiéis e sociedade quando se fala de problema concreto em que a sociedade brasileira está envolvida, a procurar formas de solução.

Anualmente o tema é escolhido, que determina a concreta realidade para transformação, e um lema, explicitando em qual direção é procurada a transformação. A campanha tem coordenação por Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB.

  • educar à vida na fraternidade, sendo a base em amor e justiça, demandas centrais do Evangelho
  • renovação de consciência da responsabilidade das pessoas todas por ação da Igreja Católica em evangelizar e promoção humana, considerando a sociedade solidária e justa

Para 2018, sendo o tema “Fraternidade e superação da violência”, a Campanha da Fraternidade 2018, além do mapeamento da violência, evidenciará ainda as iniciativas existentes à superação da violência, assim como despertar propostas novas com tal foco.

E o lema “Vós sois todos irmãos”, teve extração do capítulo 23 do Evangelho de São Mateus, e que Jesus faz repreender mestres da lei e fariseus, pelas práticas deles não terem coerência com seus discursos. O lema de 2018 se caracteriza convite a superar a violência através de reconhecer que cada indivíduo é irmão, e se assim é, não é possível deferir contra o mesmo as ações da violência.

E o cartaz da campanha apresenta um grupo de indivíduos de várias etnias e idades com mãos unidas, a representar a multiplicidade da sociedade do Brasil. Em especial em Ano do Laicato, que teve início na Igreja no país em novembro, o convite se resume para através da Campanha da Fraternidade 2018, fazer reflexão acerca da problemática da violência, especificamente em como superar a violência.

A seleção do cartaz foi realizada considerando 2 etapas. A inicial foi aberta para participação da população que conseguiu fazer envio de sugestões da arte através do edital aberto para público, e a segunda seguiu por avaliação de Conselho Permanente da CNBB. A partir de tal escuta que foi alcançada a configuração atual do cartaz.

Pastoral da Juventude

A PJ, Pastoral da Juventude, organismo com ação social católica da América Latina. No país, a Pastoral da Juventude, tem constituição pelos jovens e estrangeiros com ligação ao Setor de Juventude, de CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, e com movimentos sociais.

Dia Nacional da Juventude 2018

A Pastoral da Juventude do Brasil, PJB, trata-se da ação organizada de jovens que se resumem Igreja com os pastores e a comunidade inteira ao aprofundamento de vivência da própria fé e evangelização de mais jovens de opção evangélica preferencial e consciente por jovens marginalizados e jovens de classe popular.

E visando construir um mundo com mais justiça e fraternidade, para transformação em novos indivíduos, sendo assim os agentes para construir sociedade nova, guiados por evangélicos critérios. A ação tem base em Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil do ano de 1994.

A maior parte de grupos dos jovens geralmente se reúne em final de semana nas paróquias rurais e urbanas, escolas ou centro comunitário. As reuniões normalmente consideram o roteiro seguinte: a acolhida, o canto de entrada, a oração, depois a dinâmica de grupo, e então oração, avaliação, informes, e por fim, o canto final.

Na dinâmica, há aplicação do método de ver, julgar e atuar, com apresentação do tema, confronto da realidade com bíblica mensagem, e a finalizar, com a proposta da ação de grupo juntamente à comunidade.

É sobre os jovens se comprometerem aos ensinamentos da Bíblia e com aprovados documentos por Igreja Católica. No ano de 2004, o atuar de PJB foi intensamente marcado por opção preferencial por pobres e com influência por Teologia da Libertação.

Ação da Pastoral da Juventude

A Pastoral da Juventude se encontra em ação nas várias nações. E a atividade tem coordenação pelos coordenadores e os assessores leigos e religiosos que se despontam de militantes, e pelas organizações, sendo exemplo a Pastoral da Juventude Paroquial.

A Pastoral da Juventude Estudantil se encontra em comunhão no nível nacional no Brasil com demais organizações juvenis em CNBB e ainda integra a Pastoral Juvenil Latinoamericana, em Departamento Família, Vida e Juventude, que se caracteriza órgão de CELAM.

Pelo Brasil, a PJE é protagonizada pelos jovens brasileiros estudantes e os educadores adultos assessores acompanham, associada com CNBB, e tem atividades e pensamentos com base em Educação Libertadora, considerando de predileção a juventude estudantil pobre e mostra apoio para Teologia da Libertação, a permear suas idéias e atos, na comunhão com a Igreja Católica toda.

Eventos da Pastoral da Juventude

É buscada pela PJ do Brasil uma nova maneira de dialogar e ter contato com Congregações e movimentos eclesiais que têm trabalho com jovens associados ao Setor da Juventude recente, com ligação a CNBB. O setor é responsável por eventos e ações em conjunto com Setor Juventude Brasileiro à procura da conversão dos jovens.

Mesmo a Pastoral da Juventude tendo em seus encontros os grupos da base, o próprio momento de importância maior, no decorrer dos 30 anos existindo gerou especiais momentos anualmente que terminaram integrando o calendário oficial no Brasil da Igreja Católica.

Dia Nacional da Juventude – DNJ 2018

Trata-se de atividade com história de mais de 20 anos, DNJ 2018, Dia Nacional da Juventude, com organização anual, na maior parte das vezes pelas Coordenações Diocesanas de PJ. E ocorre sempre que possível em último fim de semana de outubro, anualmente.

Semana do Estudante

Esta sempre acontece em agosto, sendo bastante trabalhada pela Pastoral da Juventude Estudantil, e já é bastante difundida na Pastoral da Juventude mais geral de grupos de base, e certamente ainda em comunidades eclesiais de base.

E como mais atividades permanentes nacionais, a semana possui de material de apoio, os folhetos, livretos, subsídios, cartazes feitos por Coordenação Nacional e mais Institutos de Juventude, sendo exemplo a CAJU.

Semana da Cidadania

Trata-se da atividade com realização entre as datas 14 e 21 de abril anualmente, com discussão de políticas públicas acerca de certo tema, com base nos materiais com desenvolvimento por Pastoral da Juventude e mais Institutos da Juventude, como cartazes e subsídios, a convidar membros jovens de grupos da base para discussão de questões políticas.

Semana da Juventude

Existem os encontros nacionais, regionais e paróquias. Por exemplo, na diocese de São Miguel Paulista acontece o encontro denominado Semana da Juventude que apresenta grupos de setor do Ermelino Matarazzo, em que é elaborado teatro e as pregações dos temas particulares, tal evento ocorre 1 ou 2 vezes anualmente.

Saiba mais sobre o DNJ 2018 acessando esse site – https://jovensconectados.org.br/

Recomendados Para Você:

Sobre Rodrigo Sá

Rodrigo Sá, fundador do site Jovens Católicos, morador do Rio de Janeiro, Católico Apostólico Romano (praticante), devoto de São Bento, amante de boa música, internet, esportes, dar boas risadas, etc.E-mail: contato@jovenscatolicos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *