Escapulário: o que é, como usar, oração, origem e significado

Saiba tudo sobre o Escapulário Católico, a origem e como usa-lo corretamente

Fala Galera Jovem Católica! Sempre vejo um pessoal usando escapulário, seja como símbolo devocional, para “proteção” ou até mesmo para compor o visual. Mas, você já se perguntou qual o significado desse “acessório” que boa parte dos cristãos usam?

Escapulário para Jovens Católicos

Após pesquisa, elaborei esse artigo falando um pouco sobre o Escapulário muito usado pelos Jovens Católicos do mundo inteiro.

Esse símbolo consiste em duas imagens, unidas entre si por um cordão (que pode ser de pano, barbante, aço, prata…).

As imagens mais usadas são de Nossa Senhora ou do Sagrado Coração de Jesus.

O termo escapulário vem de escápulas (osso que fica próximo aos ombros), para o Católicos o escapulário é um símbolo de consagração religiosa, de devoção e afeto.

No século XI, um grupo de homens dispostos a seguir Jesus Cristo, reuniram-se no Monte Carmelo, em Israel. Ali construíram uma capela em honra de Nossa Senhora.

Este local é considerado sagrado, desde tempos imemoriais ( Is 33,9;35,2; Mq 7,14), e se tornou célebre pelas ações do profeta Elias (1 Rs 18).

A palavra “carmelo” quer dizer jardim ou pomar. Nasciam ali os carmelitas, ou a Ordem dos Irmãos da Bem-Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo.

Tempos depois, os carmelitas mudaram-se para a Europa e passavam por grandes dificuldades. No dia 16 de julho de 1251, quando rezava em seu convento de Cambridge, Inglaterra, S. Simão Stock, superior geral da Ordem, pediu a Nossa Senhora, um sinal de sua proteção, que fosse visível a seus inimigos.

Recebeu, então, de Nossa Senhora o escapulário, com a promessa:

“Recebe, filho amado, este escapulário. Todo o que com ele morrer, não padecerá a perdição no fogo eterno. Ele é sinal de salvação, defesa nos perigos, aliança de paz e pacto sempiterno”.

Quem segue Jesus e é devoto de Maria Santíssima, caminha a passos seguros no caminho da salvação. Esse “acessório” é sinal da proteção de Maria.

Você também pode Ler: Tau Católico – O que é, Significado, Como usar, Oração e muito mais.

Origem

O “monástico” apareceu pela primeira vez, talvez tão cedo quanto o século 7 na Ordem de São Bento .

É um pouco grande comprimento de pano suspensa a frente e para trás dos ombros de utente, muitas vezes chegando até os joelhos . Ela pode variar em forma, tamanho, cor e estilo.

Escapulários monásticas originou como aventais usados pelos monges medievais, e foram mais tarde alargado a hábitos para membros de organizações religiosas, ordens ou confrarias. As monásticas agora fazem parte do hábito dos monges e monjas em muitas ordens cristãs.

Escapulário de ouro para Jovens Católicos

O “escapulário devocional” é um item muito menor e evoluiu a partir do monástico. Estes também podem ser usados por pessoas que não são membros de uma ordem monástica e da Igreja Católica Romana considera-os sacramentais.

O devocional geralmente consiste em dois pequenos (geralmente retangular) pedaços de pano, madeira ou papel laminado, a poucos centímetros de tamanho, que podem receber imagens religiosas ou texto.

Estes são unidos por duas faixas de pano e os lugares utente um quadrado no peito, repousa as bandas uma em cada ombro e deixa a segunda queda quadrado nas costas.

Em muitos casos, ambas as formas de o escapulário vem com um conjunto de promessas para os fiéis que usá-los.

Algumas das promessas estão enraizadas na tradição, e outros que tenham sido formalmente aprovado pelos líderes religiosos.

Por exemplo, para os católicos, como para alguns outros sacramentais, ao longo dos séculos, vários papas aprovaram específicas indulgências para quem faz uso.

Bem galera, esse “acessório” tem que ser dados à pessoa que vai usá-lo, e nunca adquirido por ela. Eis então uma ótima opção de presentes religiosos católicos.

Dê como presente religioso e ajude a proteger quem você ama.

Atualização

Durante o período das festas Católicas, inúmeras barracas com artigos religiosos se multiplicam, onde um dos itens mais procurados são os escapulários, sejam os de metal, plástico, madeira ou até mesmo pano. Há para todos os gostos e bolsos.

O escapulário surgiu no século 13, na Inglaterra, quando o frei Simão Stork, passando por um momento de dificuldade, pediu para que Nossa Senhora do Carmo lhe desse um sinal de proteção, mas que este fosse visível.

Esse símbolo se modernizou, passou de parte de um habito para um adereço importante aos que creem em Maria, ou são devotos de qualquer outro Santo.

O formato retangular, com as imagens de Nossa Senhora do Carmo e do Sagrado Coração de Jesus permanece, não à toa: é que os mais antigos eram feitos com tecidos das roupas dos frades.

“O privilégio Sabatino, segundo a tradição, refere-se à uma visão que o Papa João XXII teria tido da Virgem do Carmo.”

Após a morte, à aqueles que morressem com o Escapulário do Carmo:

  1. Quem morrer com Ele não padecerá o fogo do inferno;
  2. A Virgem do Carmo livrará o quanto antes, à quantos forem ao purgatório morrendo com esse “acessório”;
  3. O Escapulário do Carmo é salvação em todos os perigos, pela Virgem Santíssima do Carmo;
  4. Cada vez que se beija o Escapulário, ganham – se 500 dias de indulgência;
  5. Ele é um sinal de irmandade da Virgem Maria;
  6. O Escapulário do Carmo é sinal de paz e do pacto sempre terno de concórdia, garantido por Maria Santíssima;
  7. Ele é sinal de salvação, pela Virgem Maria;
  8. O Escapulário do Carmo está enriquecido pela Igreja com inúmeras indulgências;
  9. O Escapulário do Carmo é um meio simples e prático de honrar à Virgem Maria;
  10. O Escapulário do Carmo é garantia de preservação da fé e da firmeza na devoção à Virgem Maria.

As condições para ter os privilégios das Bençãos com uso:

Trazer sempre o pequeno Escapulário, guardar castidade, conforme o seu estado (casado, solteiro ou viúvo) e cumprir as penitências e orações prescritas pelo padre que fará a imposição do Escapulário.

Ele deverá ter uma autorização especial da Ordem para fazer a imposição que seria a benção da pessoa com o primeiro Escapulário o qual pode ser adquirido na Igreja ligada à ordem carmelita ou na Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

Segundo o Padre Luizinho da Canção Nova, vale destacar algumas atitudes que devem ser assumidas por quem se reveste desse sinal mariano:

• Colocar Deus em primeiro lugar na sua vida e buscar sempre realizar a vontade d’Ele.
• Escutar a Palavra de Deus na Bíblia e praticá-la na vida.
• Buscar a comunhão com Deus por meio da oração, que é um diálogo íntimo que temos com Aquele que nos ama.
• Abrir-se ao sofrimento do próximo, solidarizando-se com ele em suas necessidades, procurando solucioná-las.
• Participar com frequência dos sacramentos da Igreja, da Eucaristia e da confissão, para poder aprofundar o mistério de Cristo em sua vida.

Modelos mais populares de Escapulário Católico

Escapulário Católico de Bronze para ser usado por Jovens Católicos

 

Escapulário Católico de Aço pode ser usado por Jovens Católicos

 

Escapulário Católico de Madeira é o mais popular entre os Jovens

 

Escapulário Católico de Pano é um ótimo presente para o Jovem Católico

 

Escapulário Católico de Prata é muito bom e barato

 

Escapulário Católico de Ouro é um pouco caro para o Jovem Católico

Padre Paulo Ricardo explicando como utilizar o de Nossa Senha do Carmo

Neste vídeo, Padre Paulo Ricardo dá algumas orientações básicas para os fiéis que já usam ou desejam vestir o escapulário de Nossa Senhora do Carmo.

Rodrigo Sá
Espero que tenham gostado do artigo.
Um grande abraço e fiquem com Deus.

65 thoughts on “Escapulário: o que é, como usar, oração, origem e significado

  1. MEU FILHO TINHA 17 ANOS E COMO TODOS OS AMIGOS DELE GOSTAVA DE ROCK,USAVA CAMISETAS E COLARES DE METALEIRO ,EU NUNCA GOSTEI MAS SEI QUE PROIBIR É PIOR. UM DIA FALEI COM ELE SE EU TI DER UMA CORRENTE COM SANTO VOCE DEIXA DE USAR ESTES CORDÕES DE CAVEIRA ?ELE DISSE SIM ! IMEDIATAMENTE COMPREI UM ESCAPULARIO PARA ELE ,LEVEI NA MISSA PARA BENZER E GRAÇAS A DEUS JA FAZEM 6 ANOS QUE ELE NÃO CONSEGUE FICAR SEM O ESCAPULARIO. E NOSSA SENHORA O TEM PROTEGIDO DE MUITOS PERIGOS !

  2. No dia 28/03/14 sofri um acidente de moto, e tenho certeza de que nada me aconteceu de mais serio, devido as orações que minha mão faz todas as noites para os filhos, e ao meu escapulario que sempre carrego junto a mim. Graças a Deus.

  3. me esclarecer muito! obrigado e ótimo artigo. sempre uso o meu escapulário e sempre depósito nele minhas diárias orações e minha devoção a Maria nossa senhora e ela me abençoa grandemente sempre… sei que ela intercedeu por mim quando fuzileiros vestibular e passei não Sri porque passei, mas sim porque senti sua resposta a cada oração com meu escapulário.

    1. Olá Cássio!

      Claro, pode-se presentear pessoas queridas com escapulário. Vale sugerir a pessoa que será presenteada sobre a importância do escapulário estar benzido antes de utiliza-lo.

      Abraços!

  4. Olá Rodrigo! Parabénns pelo post!!
    Gostaria de saber se posso presentear alguém com o escapulário já bento,ou a pessoa que tem que levar ate o padre para benzer-lo?
    Abraços Fernanda Lemos.

  5. Rodrigo, muito interessante, ótimo o que você escreveu do início ao fim, ainda mais que sempre li em outros sites sobre o escapulário é aquilo que você também escreveu “No dia 16 de julho em 1251…”
    Mas o que você escreveu antes disto, nunca havia lido em qualquer site, então achei muito interessante. Parabéns.
    Rodrigo, como faço: Comprei um escapulário prata (de inox) gostaria de usá-lo, iria levá-lo na missa em minha igreja e pedir ao Padre para que benzesse-o. Mas a pergunta é: Não poderei usá-lo, realmente tenho que ganhar o escapulário? Mas e se eu nunca ganhar um como é que faço? Ou posso pedir prá minha namorada me presentear com este que eu mesmo comprei?
    Antecipadamente, muito obrigado e um abraço

  6. Rodrigo gostei muito de sua matéria. Parabéns.
    gostaria de saber o que faço: Comprei um escapulário de prata (de inox), e já uso a alguns tempos, antes de usa ló foi benzido por um padre de minha cidade. Como você disse que o escapulário tem que ser dado à pessoa que vai usá-lo, e nunca adquirido por ela. Pergunto: devo retirar o meu escapulário e esperar que ganho outro de alguém? E se eu não ganhar, posso pedir para alguém me dar um de presente?
    Abraço.

  7. Oi, Eu tenho um escapulário de prata, cujas imagens são em apenas um ponto, fica uma ligada a outra, com uma cruz na ponta, como um terço. Acontece que há algum tempo eu notei que uma das imagens se perdeu, pois são pequenas imagens fixas em “suportes”, mas por carinho à ele, eu não retirei, mas gostaria de saber se há algum problema de permanecer usando.

  8. Só uma observação: No finalzinho do texto, diz que “muitos dizem que o escapulário tem que ser dados à pessoa que vai usá-lo, e nunca adquirido por ela”. Isso é superstição! Se ninguém te der um de presente, você mesmo pode comprar o seu, que ele não deixará de ser um escapulário por isso!!! Abraços!

  9. Muito bom o seu artigo Rodrigo. Muitos usam o escapulário apenas por usar.
    Não entendem o poder dessa armadura e nem o usam com a fé necessária.
    Seria de fundamental importância que esse tipo de informação fosse passada na catequese, desde cedo temos de aprender isso!
    Parabéns!

  10. Bom o esclarecimento, porém, nunca li nada qu devesse ganhar e não comprar o Escapulario.. acho que tem cunho supersticioso essa historia de ganhar e obviamente nós cristão não podemos acreditar em superstições.Então por favor me mostre onde esta fundamentado isso.. Porque talves eu desconheça. Obrigada

  11. Boa noite ganhei meu escapulario já faz uns anos mais percebendo que de um ano para cá ele está se quebrando por várias vezes isso tem algum significado?

  12. Eu ganhei um escapulário de um falecido dono de livraria católica já faz 4 anos. Desde esse dia que ganhei nunca o tire do pescoço ,apenas para um exame que exigiu que eu o retirasse. Mais acabei o tirando um dia e perdendo o.

    1. Olá José, você pode comprar outro sem problema. Só não esqueça de pedir para o padre da sua paróquia estar benzendo antes de usa-lo. Abraços e fique com Deus!

  13. Olá. Bom dia.
    Eu comprei o meu escapulario em Urucania Minas Gerais. Na região de Nossa Senhora Das Graças.
    No caso em não ganhei um e sim comprei tem algum problema eu usar ele do mesmo jeito ?
    Pois muitos me falaram que tem que ganhar um escapulario e não comprar.
    Isso e verdade?
    E tem que benzer antes de usá-lo?
    Tem que fazer alguma promeça ou algum pedido pra usá-lo ?

  14. Olá, Rodrigo!
    Ótimo post, bastante esclarecedor.Gostaria de presentear um amigo, mas estamos na quaresma e quero saber se há alguma adversidade em fazê-lo…pode me ajudar?
    Abraços…
    [=

    1. Olá Nanda, desculpe a demora para responder, não tem problema algum presentear seu amigo com um escapulário, mas não deixe de benze-lo antes de entregar.
      Abraços e paz! 🙂

  15. Olá tenho um escapulário que comprei a uns anos, eu não havia levado para benzer, não sabia que tinha que levar, mais mesmo assim o usava por que acredito na sua proteção, e sua corrente se arrebentou essa semana enquanto eu dormia, o que significa quando escapulário arrebenta?posso mandar concertar? gosto muito dele.

    1. Olá Anderson, pode mandar consertar sim amigo. Pensa no seguinte, o que vale é a sua fé, o quanto você é temente a Deus que importa… Mas, depois que conserta-lo, pede para o padre da sua paróquia benzer, é sempre bom. 🙂
      Abraços irmão!

  16. Ola. Boa Tarde.
    Eu tenho um escapulario e faço uso a alguns meses. Só que ele foi só benzido e não imposto. Tem algum problema isso ,será que ele não é valido por ele não ter sido imposto? E queria fazer a troca por um de tecido! tenho que mandar benzelo de novo?? Muito Obrigada!

    1. Olá Ingred, seu escapulário sendo benzido já está valendo! 🙂
      Quando for trocar por um de pano o ideal é pedir para o padre da sua paróquia benze-lo também. Paz!

    1. Olá Duane, não se tem um “lado certo” para usar o escapulário. Eu, particularmente, gosto de colocar Jesus sempre a frente… 😀
      Abraços e obrigado pelo comentário.

  17. Parabens pelo artigo sou catequusta e nao me lembrava da origem, mas tudo vai da fé se usas pelo que representa ja tens fé, se usa pela proteção tbm fé valeu Abraços. ?..

  18. Parabens pelo artigo! Ganhei um escapulário há pouco tempo so coloquei no pescoço nao cheguei a usar e tambem nao sei se ja foi benzido! É obrigado benzer! Faz mal usar sem benzer ou so pode usar quando benzee?

  19. Olá Rodrigo. Gostaria de saber se a imagem de cada quadradinho é dupla face dos dois lados ou de um lado só. São Jorge é santo ? Pode ser imagem de dois santos ou um quadradinho é sempre o de Jesus ?

  20. Amei o artigo, eu ganhei um escapulario de um amigo e pela conversa que tive com uma amiga minha fiquei na curiosidade pra saber mais sobre esse “acessório” e encontrei este artigo. Muito bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *