Opus Dei – O que é, Significado, Como entrar, Quais os ideias…
5 (100%) 4 votes

Opus Dei e seu significado dentro da Igreja Católica

Fala Galerinha Católica, nesse post vou falar um pouco sobre uma instituição da Igreja Católica que passa a mensagem que todos nós podemos ser Santos e Felizes, vivendo os preceitos de Deus a cada momento, me refiro a Opus Dei.
Opus Dei significa Obra de Deus, e tem como principal foco que a nossa felicidade deve passar pela santificação da vida durante todos os dias. Isso mesmo amigos, durante TODOS OS DIAS e em TODOS OS LUGARES. Seguindo essa linha da Opus Dei, temos que considerar que o nosso trabalho deve ser feito com todo carinho para ser oferecido ao nosso Deus e com intuito de ajudar nossos irmãos com quem nos relacionamos e também para com a sociedade como um todo. O nosso esforço deve tornar deve ser voltado a tonar a vida dos nossos amigos e da nossa família mais cheia de Deus. Além disso, devemos conversar com Deus em tudo aquilo que nos propusemos a fazer. Legal, não é?!

Quem fundou o Opus Dei

O fundador da Opus Dei foi JoseMaría Escrivá de Balaguer, no dia 2 de outubro de 1928. JoseMaría, sacerdote espanhol, foi canonizado em 2002 pela Igreja Católica.
“Todas as coisas, por menores que sejam, se forem feitas por amor se tornam grandes.” São Josemaria

JoseMaría Escrivá de Balaguer - Fundador do Opus Dei (Obra de Deus)

JoseMaría Escrivá de Balaguer – Fundador do Opus Dei (Obra de Deus)

Quem são os Praticantes do Opus Dei e Qual Objetivo

A Opus Dei é composta por leigos, casados, solteiros e sacerdotes. Tem como finalidade participar da missão evangelizadora da Igreja. Concretamente, o Opus Dei procura difundir a vida cristã no mundo, no trabalho e na família, a chamada universal à santidade e o valor santificador do trabalho cotidiano.
Grande parte dos fiéis que compõe a Opus Dei são homens e mulheres leigos, e apenas 2% são sacerdotes. A maioria são de casados, os chamados supernumerários. Os restantes (chamados numerários e adscritos) não se casam porque receberam de Deus a vocação ao celibato apostólico, que muitas pessoas viveram e vivem na Igreja Católica desde o começo.

Principais ideias do Opus Dei

  • Santidade para todos sem exceção – Os participantes do Opus Dei são chamados a uma vida santa, isso vale para todos.
  • Ser um verdadeiro filho de Deus – É vital para o Opus Dei saber viver, sentir como um verdadeiro filho de Deus, sendo uma pessoa serena e que consiga transmitir a paz através das suas palavras, gestos, atos…
  • Viver sempre em oração e sacrifício – A oração deve ser o básico para os fies que buscam uma conexão com Deus, é o principal meio de se estar sereno, obter luz para saber o que Deus deseja que façamos, além de ser fonte de alegria de espírito. Já o Sacrifício, vem dos preceitos do Cristianismo, pois quem ama o nosso Deus, não poupa esforços para ajudar o seu semelhante.
  • Agir conforme Jesus agiria, seja na família, trabalho e no relacionamento com o próximo – O fundador do Opus Dei explicava que o cristão não deve «levar uma vida dupla: a vida interior, a vida de relação com Deus, de um lado; e do outro, distinta e separada, a vida familiar, profissional e social». Pelo contrário, sublinhava são Josemaria, «há uma única vida, feita de carne e espírito, e essa é a que deve ser – na alma e no corpo – santa e cheia de Deus
  • Respeitar a liberdade do seu próximo – Os fiéis do Opus Dei são cidadãos que gozam dos mesmos direitos e estão sujeitos aos mesmos deveres que os demais cidadãos, seus iguais. Nas suas atuações profissionais, familiares, políticas, econômicas, culturais, etc., agem com liberdade e com responsabilidade pessoal, sem pretender envolver a Igreja ou o Opus Dei nas suas decisões, nem apresentá-las como as únicas congruentes com a fé. É a isto que leva o respeito à liberdade e às opiniões alheias.
  • Ser caridoso em todas as áreas da sua vida – Quem conhece a Cristo encontra um tesouro que não pode deixar de compartilhar. Os cristãos são testemunhas de Jesus Cristo e difundem sua mensagem de esperança entre parentes, amigos e colegas, com o exemplo e com a palavra. Afirma o fundador: «Ao esforçar-nos ombro a ombro nos mesmos trabalhos com nossos companheiros, amigos e parentes, poderemos ajudar-lhes a chegar a Cristo». Este desejo de dar a conhecer Jesus Cristo é inseparável do desejo de contribuir para a solução das necessidades materiais e dos problemas sociais da comunidade.
  • Tentar sempre Ser Santo no dia a dia – A vida cristã pode ser vivida totalmente em todos os momentos do dia, não apenas dentro da igreja ou nos momentos dedicados à oração. São Paulo afirma: “Quer comais, quer bebais ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Cor 10, 31). As atividades boas, mesmo as mais simples como um almoço em família, são caminho para alcançar a santidade se forem feitas com os olhos em Deus e da melhor maneira possível.

“Aí onde estão os nossos irmãos, os homens, aí onde estão as nossas aspirações, o nosso trabalho, os nossos amores — aí está o lugar do nosso encontro cotidiano com Cristo. (…) Na linha do horizonte, meus filhos, parecem unir-se o céu e a terra. Mas não: onde de verdade se juntam é no coração, quando se vive santamente a vida diária”. São Josemaría Escrivá, Fundador do Opus Dei

Vídeo sobre o significado do Opus Dei para Igreja Católica

Como entrar para o Opus Dei

Para fazer parte do Opus Dei em qualquer uma dessas categorias (supernumerário, adscrito ou numerário), é preciso que a pessoa tenha recebido de Deus uma vocação, uma chamada pessoal para assumir o compromisso de dedicar toda a sua vida a Ele, servindo-O no meio do mundo e difundindo a mensagem de Cristo de que todos podem ser santos: “Sede perfeitos como vosso Pai celestial é perfeito” (Mt 5, 48).
Vale lembrar que qualquer pessoa que deseje colaborar com as atividades do Opus Dei pode tornar-se um Cooperador, o que não significa que seja membro da instituição, mas apenas que ajuda a Obra com a sua oração, o seu trabalho e/ou contribuições.

Conceito Sobre o Opus Dei

Todos os batizados são chamados a seguir Jesus Cristo, e a viver e dar a conhecer o Evangelho. A finalidade do Opus Dei é contribuir para essa missão evangelizadora da Igreja, promovendo, entre fiéis cristãos de todas as condições, uma vida plenamente coerente com a fé nas circunstâncias correntes da existência humana e especialmente por meio da santificação do trabalho.

Rodrigo Sá